CERTIFER SA
18 RUE EDMOND MEMBREE
59308  Valenciennes
N°TVA : 73411047285
 

Avaliação Independente de Segurança (ISA)

 

Qu'est-ce qu'une évaluation indépendante de la sécurité ?

o que é uma missão Isa ?

A missão de Avaliação de segurança independente é geralmente exigida pelas Autoridades Nacionais de Segurança (NSAs) a fim de garantir o nível de segurança necessário tenha sido alcançado.

É dentro desta estrutura que terceiros estão envolvidos com o objetivo de liderar uma avaliação orientada para a segurança, de acordo com as  normas CENELEC (EN 50126-1, EN 50126-2, EN 50128 et EN 50129), normas de segurança funcional IEC61508 e IEC61511, Métodos de Segurança Comum (CSM) e também (às vezes) normas e regulamentos nacionais.

A avaliação de Segurança independente consiste en fornecer uma avaliação de terveiros levando à confiança nos subsistemas (material rodante, infraestrutura, energia e sinalização) e também a integração desses subsistemas ao sistema global, ao produto (balança, sensor...) ou ao software (software de frenagem/tração...). O ISA é necessário para novos produtos, subsistemas e também sistemas envolvidos em mudanças significativas que possam afetar o nível de segurança.

 

como grupo Certifer, todas as entidades providenciam avaliações de segurança independentes no mundo inteiro para subsistemas:
  • Infraestructura
  • Energia
  • Controle-Comando e sinalização (nas vías e a bordo)
  • Material rodante - Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), Metros, Locomotivas e Passageiros, Vagões de carga
  • Produtos, softwares, ...

 

qual é o papel da ISA ?

Qu'est-ce qu'une évaluation indépendante de la sécurité ?Com base no modelo de ciclo de vida da norma EN50126, o assesor de segurança independente pode intervir durante todo o ciclo de vida do projeto. Entretanto, no caso em que são obtidos relatórios ISA, os príncipios de aceitação são aplicados para evitar avaliações excessivas.

O papel da ISA é avaliar se todos os ricos foram identificados, se todos requisitos de segurança foram respeitados e se todos os perigos foram atenuados.

 

fases do ciclo de vida da norma EN50126  

NOSSAS REFERÊNCIAS

 
  • Infra-estruturas e Energia : Programa de Electrificação da rede convencional (Dinamarca), Modernização da linha Samsun-Kalın (Turquia), Tanger-Kenitra HSL (Marrocos), sistemas de interbloqueio (Ansaldo)
  • Material circulante de metro: Dubai (EAU), Glasgow (Escócia), Dublin (Irlanda), linhas B do metrô de Lyon, extensão da linha A e o material rodante do VAL 208 de Toulouse, o VAL208NG do aeroporto Charles de Gaulle, as linhas 15,16,17 e 18 da rede Grand Paris (França), Santiago (Chile)
  • Comboio ferroviário ligeiro (eléctricos): Doha Tramway (Qatar), Kaohsiung (Taiwan), Sydney (Austrália) e Rio (Brasil), Grand Avignon, Grenoble, Nice, Caen, Bordeaux e Angers (França), Luxemburgo Tramway,
  • Controlo-Comando e Sinalização (on-board): Equipamento de segurança a bordo HSL da Europa Oriental (SNCF)
  • Controlo-Comando e Sinalização (track-side): ETCS Level I and II (Ansaldo), 
  • Produtos: Software de frenagem por tração (Alstom), Odometria, Supervisão automática do trem, Portas de tela de plataforma para produto específico: (Faiveley, STE Eng.), para sistema global (Peru L2, Santiago L3 & 6, Riyadh Dubai, Mumbai e Kolkata)
Top
Changing Cookie Settings

Dear users, this website stores cookies on your computer. Their purpose is to improve your website experience while providing you with more personalized services.

If you would like more information about the cookies we use, please see our Privacy Policy. By accepting cookies, you consent to their use. You can also adjust their settings.

If you refuse cookies, your information will not be tracked when you visit this site. Only one cookie will be used in your browser to remember your preference not to be tracked.

  • Change the parameters
  • Accept all cookies and continue to the website